Será que é possível morrer de tanto comer? Sim, o famoso “olho gordo” pode, de certa forma, acabar matando você. Foi o caso de um jovem que, literalmente, deixou-se morrer de tanto comer. Ele estava inchado depois de abocanhar nove quilos de salsichas, brócolis e cereais, apenas no almoço.

Será que é possível morrer de tanto comer?

Consequência? Bastou um simples copo de refrigerante para seu estômago dilatar demais, empurrando seu diafragma e provocando morte por asfixia.

Viemos divulgando uma serie de curiosidades e mistérios como esse abismo na Antártida, porem existem mistérios em nosso organismo que poucas pessoas conhecem e que podem ser fatais.

É mesmo possível morrer de tanto comer?

Mas é possível que o estômago se rompa depois de tanto alimento ingerido? Muito difícil, vejamos por quê: nosso estômago é muito elástico e, quanto mais comida você dá, mais ele vai se adaptando a receber mais e mais. Em um dado momento, você vai sentir vontade de vomitar.

Esse é o sinal de que é hora de parar, porque, antes deste órgão romper, provocando a morte, você naturalmente sentirá dor de estômago, náuseas e vômitos, num indício de que deve a esvaziá-lo. Em seguida, todo o absurdo de alimento ingerido precisa passar pelo intestino, para que seja digerido. Só que esse encher e esvaziar da barriga pode acabar sendo atropelado quando você come demais, pois, devido à grande quantidade de comida, esse processo demora muito mais.

Outro caso absurdo aconteceu com um paquistanês. Após dias em greve de fome, o homem resolveu se dar ao luxo de comer um banquete. Só que essa não foi uma boa ideia.

Ele passou pelo que chamamos de “síndrome de realimentação”, provocada pela mudança repentina de ingestão, que faz com que a capacidade de glóbulos vermelhos, que transporta oxigênio, seja prejudicada, levando à morte.
Será que é possível morrer de tanto comer?

Como tem maluco para tudo, nos EUA, o país dos grandes comilões, há diversos concursos de quem aguenta comer mais em menos tempo. Nesse caso, o risco de uma indigestão é menor, pois, por serem pessoas acostumadas a fazer isso, seus estômagos possuem uma capacidade maior de dilatação.

Nós não recomendamos fazer isso em casa, mas caso queira saber como é, olhe esse vídeo que doideira:

Equipe dedicada a trazer o melhor dos assuntos incrivelmente insólitos para os leitores. Equipe especializada em pesquisa e divulgação de informações que normalmente não é publicada nas mídias tradicionais.